08/03/2009

53


Hatsuharu fecha os seus olhos e aproxima o seu rosto do rosto do primo que ainda estava com os olhos fechados e passa gentilmente a sua língua sob os seus lábios. Ao sentir o leve toque da língua de Haru em seus lábios Yuki sente-se ainda mais vivo do que estava antes e mesmo sentindo um pouco de medo, vergonha, e receio ele abre um pouco os seus lábios e encosta de uma vez a sua boca na boca do Haru.

#Por que só agora que eu percebi que sempre desejei por esse beijo?#

Quando sente que a língua do Yuki invadia a sua boca cheia de vergonha e com muita inexperiência, Haru sente o seu coração bater ainda mais rápido e feliz, sem dúvida aquele era o primeiro beijo da vida do Yuki. Ele inclina um pouco a sua cabeça para frente e invade de uma vez a boca do Yuki com a sua língua, o beijando cheio de desejo e paixão. Aquele beijo tão aflito do Haru demonstra ao Yuki que na verdade aquele beijo era também algo que ele sempre tinha desejado na vida e o possuído o abraça cravando com força as suas curtas unhas nas costa do primo.

#Eu não quero perde-lo para ninguém. Agora eu percebi que ele sempre foi muito importante para mim. Sempre esteve ao meu lado, era o único que estava ao meu lado quando o Akito me prendia naquele quarto escuro, e eu não quero perder toda a atenção que sempre recebi dele. Não quero que ele cuide de mais ninguém. Não quero que ele beije a mais ninguém, nem mesmo a Rin ou o Kyo.#

Yuki beijava agora o Haru com um pouco mais de força, e ambos podiam sentir o quão forte os seus corações estava batendo dentro de seus peitos por terem os seus peitos tão encostados no outro. Nada mais existia naquele instante para os dois, e eles nem perceberam o momento que tinham voltado a ficar sozinhos na sala. Aquele era um beijo que os dois tinham esperado a muitos anos, mas que o Haru nunca imaginou que um dia o receberia.

Quando os dois garotos separam os seus lábios, Haru abre os olhos rapidamente para ver qual expressão o Yuki tinha em seu rosto, e o encontra todo envergonhando e surpreso olhando para o chão, e ao reparar melhor para onde exatamente o primo olhava, ele não se segura e começa a rir embaixo da mesa. Yuki fica desesperado imaginando que a mulher ainda estava recolhendo as coisas da mesa e tapa a boca do primo para conter os seus risos.

-Fique quieto Haru. Ela vai nos ver aqui.

-Ahahahahahhaha

-Pára Haru... Pára....

-Ahahahhahahah

Vendo que não tinha jeito do primo parar de rir, Yuki volta a lhe beijar novamente, mas dessa vez o Haru o puxa em direção do chão, ficando o corpo do Yuki sob o dele, começando os dois novamente mais um longo beijo, e quando o terminam, Haru abraça o Yuki, o prendendo ainda em seus braços e lhe sussurra no ouvido.

-Ficou tão assustado assim com a reação provocada pelo nosso beijo?

Yuki nada lhe responde, mas fica com o rosto completamente corado de vergonha.

-Isso é normal. É o nosso corpo pedindo por mais.

-Eu não sou tão pervertido como você.

-Pode me chamar de Haru Hentai.... ahahahah.... Ahh! A dona já foi embora, não precisa ficar preocupado.

Ao escutar aquilo, Yuki se afasta do Haru, mas é puxado pelo mesmo para que continue deitado sob ele.

-Eih, só tem graça quando tem alguém por perto? Não sabia que você gostava de se exibir, Yuki.

O garoto ia abrir a boca para mandar o Haru calar a boca, mas não tem tempo, pois logo recebia um outro beijo do Haru. Aquele clima entre eles fazia com que todos os medos e receios do Yuki sumissem de sua mente. Era como se nada tivesse acontecido antes, que aqueles beijos eram também os primeiros beijos do Hatsuharu. Os dois se beijavam ainda com muito desejo, mas agora havia mais carinho em seus gestos.

Quando os dois se separam e voltam a ficar sentados no chão, Haru fica por alguns segundos admirando o corpo nu do Yuki, que fica com vergonha e puxa as toalhas da mesa para se cobrir e joga a outra no colo do Haru, que estava sentado como se estivesse vestido com todas as roupas do mundo, e que primeiramente lhe dá um sorrisinho maroto, mas depois abre um lindo sorriso de felicidade e satisfação.

-Isso até parece que é um sonho...... Eu finalmente consegui realizar o meu desejo, finalmente senti como é o gosto do seus beijos.

O coração do Yuki bate mais feliz ao escutar aquela declaração. E o seu corpo volta a ficar todo arrepiado quando sente os braços do Haru em volta de sua fina cintura.

by DonaKyon

2 comentários:

Menina-chan disse...

Ai ai, que lindoo!

adorei! :)

posta, posta, posta? :D

Gabiih disse...

Adoreeii

posta, posta, posta? :D [2]