27/01/2010

189


A elegante mulher desce e se aproxima dos três. Tohru ainda mantinha abraçada à menina devido ao medo que estava sentindo dela tentar abraçar o Momiji novamente.

-Mas mamãe, eu gosto do Momiji-kun como se fosse o meu irmão. A senhora não acha que ele se parece com a gente?

-A Momo-chan vive repetindo isso.

-Mas é verdade mamãe. Olha, ele tem até a cor dos nossos cabelos. Lá na escola ninguém tem um cabelo como o nosso.

-É porque a mãe do Momiji-kun também não é japonesa, por isso ele tem o cabelo claro. Não é mesmo, Momiji-kun?

O garoto apenas balança a cabeça confirmando. Tohru percebe pequenas lágrimas estavam surgindo nos olhos do garoto.

-Vamos entrar senhorita Momo? O Momiji-kun está muito ansioso para começar a aula.

A colegial ia caminhando em direção da casa, enquanto levava consigo a pequena menina pelas mãos, enquanto que a Momo caminhava olhando para trás, e Momiji podia ver o quanto que os olhos da menina estavam brilhando.

Elisa, que havia chegado primeiro do que eles, fica os esperando ao lado da porta de casa deixando que as duas meninas passem e depois quando o possuído passa ao seu lado ela sorri e coloca delicadamente a mão direito no ombro do garoto.
Aquela era a primeira vez que o possuído sentia o toque da sua mãe sob o seu corpo. Desde que Momiji tinha nascido Elisa sempre se recusou a tocar na criança porque tinha medo que ela se transforma-se numa criatura estranha. Momiji por alguns segundos não consegue nem caminhar e nem respirar. Queria guardar para sempre aquela sensação tão delicada e carinhosa da mãe.

Ao ver que o garoto havia parado de andar, Elisa olha para o garoto e lhe sorri.

-Pode entrar Momiji-kun. Fiquei muito feliz por você ser o professor de violino da Momo-chan, assim poderá estar sempre em minha casa.
Momiji ao escutar aquilo abaixa a cabeça e fecha os olhos.

-O-oobrigado....

Aquelas foram as únicas que o coelho conseguiu falar antes que silenciosas lágrimas saíssem de seus olhos. Momiji coloca o braço diante dos olhos para esconder o quanto que ele estava chorando naquele momento.

Elisa lhe olhava toda preocupada, não entendia o que havia dito para o menino chorar daquela forma. Tohru ao ver que o namorado estava chorando fica igualmente emocionada, por ela sabia a razão daquelas lágrimas. Momo estava tão assustada que não conseguia falar nada, e fica imaginando que os dois por serem namoradores deveriam estar sentindo a mesma dor.

-Por que está chorando Momiji-kun?

-Me... me desculpe... é que fiquei com saudades da minha mãe....

Elisa passa a mão delicadamente pelos cabelos do garoto e sente que algumas lágrimas também estavam saindo de seus olhos. Ela se ajoelha no chão e esconde os olhos atrás de suas duas mãos.

-Eu sei como é triste sentir saudades de alguém..... Mas no meu caso eu nem ao mesmo sei de quem é que sinto tanta saudade assim....

Momo solta da mão da Tohru e vai abraçar a sua mãe.

-Mamãe, onde é que está doendo? Não chora mamãe.

-O que dói é a alma da mamãe.... A mamãe sente que se arrepende muito de alguma coisa..... e eu não sei o que é....

Momiji e Tohru olham-se imediatamente, ambos estavam bem surpresos com aquela declaração. No olhar dos dois estava escrita a mesma frase.

#Ela se arrependeu da sua escolha#

-Me desculpem por chorar na frente de vocês, mas é um que sinto esse arrependimento desde que a Momo-chan nasceu.

Tohru se recorda da conversa que teve com a senhora Sohma no dia em que começou a trabalhar na casa.

# -É que a Momo-chan é a minha vida. Acho que morreria se ela não existisse. Sinto que ela curou uma grande dor que sentia na alma, mas nunca descobri o que era. Às vezes sinto como se tivesse me esquecido de algo que foi muito importante em minha vida.#

#A Elisa-san sente a falta do filho que ela esqueceu.#

by DonaKyon

3 comentários:

Gii. disse...

Waa. ;-;
/Gii chorando/
Lembra logo dele, sua chata! ç_ç'

kathetaberna disse...

O.o Addooooreii

simplesmente adorei, sempre gostei muito do momiji-kun.

^^

eu faço parte de um blog que essa semana fez um post sobre Fruits basket e se kiser da uma olhada
http://tabernanerd.blogspot.com/

Knight Beast disse...

vejo que voce tem um talento para o trama hehehehehehe