04/08/2009

118


O patriarca fica a espera de alguma resposta do possuído, mas depois de alguns minutos escuta o barulho da porta do quarto se fechando e afunda a cabeça no ôfuro ficando por alguns segundos com a cabeça dentro da água.

#Querer ser amada é só um ciclo vicioso de esperança e desespero. Ontem, ao escutar aquelas palavras do Hatori senti uma grande esperança dentro de mim. Era como se ele também pudesse me amar, mas isso é impossível. Eu sou o kamisama dos possuído, sou o patriarca desse clã maldito. Sou uma mulher que é obrigada a agir como se fosse um homem. Eu nasci para ser temida e não amada.#

Akito tira a cabeça da água e escuta algumas vozes. Não conseguia entender o que falavam e nem de quem eram.

#O que está acontecendo?#

Akito sai do ôfuro, vesti um quimono branco, vai para o quarto que estava vazio, e escuta as vozes de Haru e Hatori vindo do outro lado da porta.

-... deve ter uma maneira de me curar logo....

-Calma Haru-kun, irei ajudá-lo.

-Eu não posso continuar a magoar o Yuki dessa maneira.

-Vamos até a minha casa.

-Eu quero ser capaz de desejar que o Kyo e a namoradinha dele sejam felizes....


Ao escutar o nome do possuído pelo espírito do gato, Akito sente um grande ódio dentro de si e abre a porta com grande violência.

-QUEM É A NAMORADA DAQUELE MONSTRO?

Hatori e Haru olham com pavor para Akito.

-É AQUELA TOHRU HONDA, NÃO É?? ME RESPONDA HATSUHARU!

Akito avança para cima do possuído pelo espírito do boi e o segura pela gola de sua blusa. Os olhos do garoto estavam preenchidos pelas lágrimas e pelo medo. Era como se estivesse de repente dentro de um pesadelo.

-A-Aki-to-san...

-É ELA, NÃO É?

-Por favor, Akito-san... Solte o Haru-kun....

Hatori se aproxima do patriarca, mas é empurrado para longe.

-NUNCA ME DÊ ORDENS! QUEM É VOCÊ PARA ME DÁ UMA ORDEM? VOCÊ ME TRAIU. VOCÊ SABIA DE TUDO E NÃO ME CONTOU NADA.

Akito crava as unhas no rosto do Haru e o impressa contra a parede.

-FALA HATSUHARU! É A HONDA?

-N-não... não é ela...

O patriarca crava ainda mais as suas unhas e um pouco de sangue começa a escorrer pelo rosto do garoto.

-É muito feio mentir para o seu kamisama, Hatsuharu....

-Eu... eu não estou mentindo... Eu juro. Não é a Tohru-kun.

Akito solta o seu rosto, e Haru completamente atordoado sentasse no chão. Não podia acreditar que tudo aquilo estava acontecendo. Por sua culpa, o patriarca havia descoberto sobre o namoro do Kyo.

-Se não é a Honda, quem é a namorada daquele monstro?

-É... é uma garota da classe dele.

-AHAHAH...Uma garota da escola? AHAHAHAHAH...Aquele monstro se esqueceu de quem ele é?? AHAHAHAHAHA..... Pobre garotinha.... AHAHAHAHH....Gostaria de ver a cara de pavor dela quando ela abraçar aquela coisa.... AHAHAHAHAH.... Imaginam então se ela tirar a pulseira dele?.... AHAHAHAH.... A coitada vai cair durinha no chão.... AHAHAHAHAHA

O patriarca volta para dentro do seu quarto rindo bem alto. Hatori se abaixa para ver o ferimento do rosto do garoto.

-O que foi que eu fiz? O Kyo nunca irá me perdoar.

-Fica calmo Haru-kun.

-Hatsuharu, venha aqui me contar como é essa pobre infeliz.

Haru se levanta com a ajuda do Hatori, e o médico sente o quanto que o primo estava tremendo. Ele sabia melhor do que ninguém que era impossível contrariar aos pedidos de Akito. O patriarca estava sentado no tatame e ainda ria muito.

-AHAHAHAH... Acho que nem vou mais precisar daquela órfã na casa do Shigure.....AHAHAHAH..

Hatori e Haru se mantinham em pé e olhavam-se sem entender do que o patriarca estava falando.

-Do que é que está falando Akito-san?

Akito para de rir e olha para o médico.

-Eu só deixei aquela garota morar na casa do Shigure para castigar aquele monstro. Eu queria que ela também descobrisse sobre a forma horrenda daquele monstro, mas agora que aquela coisa está namorando, será ainda mais divertido quando a sua “namorada” descobrir toda a verdade sobre ele.

-Foi por isso que deixou a Tohru-kun morar com o sensei?

-Foi. Quando o Shigure me contou que ela era fã do gato da lenda dos doze signos, eu logo percebi que a garota poderia começar a gostar do monstro, ou ele se aproximar dela. Mas, tenho certeza que mesmo a Honda não seria capaz de aceitar a sua verdadeira forma.

Akito se levanta do tatame e se aproxima do médico.

-Mais tarde irá até a casa do Shigure. Você já sabe o que tem que fazer.

-Akito-san... Você está mandando o Tori-san apagar a memória da Tohru-kun?

-Até que você não é tão burro como eu imaginava, Hatsuharu.

-MAS POR QUE?

-Porque eu não preciso mais daquela órfã. E como sou muito caridoso, você pode apagar a memória da namoradinha do monstro depois que ela descobrir tudo. A infeliz não merece viver o resto de sua vida com aquela imagem grotesca em sua mente.

Haru joga-se no chão diante de Akito e começa a lhe implorar.

-Por favor, Akito-san... Por favor, não apague as memórias da Tohru-kun e da Hanajima.

-Hanajima? Então é esse o nome da namoradinha do monstro.

-Akito-san, eu também lhe peço para não apagar as memórias dessas garotas.

Hatori estava com o tronco um pouco inclinado diante de Akito.

#Mas o que essas garotas tem em especial para provocar esse comportamento neles? Eu preciso vê-las com os meus próprios olhos, principalmente a tal da Hanajima.#

-Eu quero conhecer essas garotas. Hatori, me leve até o colégio deles.

-Oque? O patriarca quer ir até o nosso colégio agora?

Akito finge que não tinha escutado a pergunta do Haru e vai até o closet para vestir uma calça cinza escura e uma camisa de gola alta na cor negra. Quando ela volta para o quarto, Hatori vê novamente a imagem masculina de Akito.

#Aonde é que está aquela linda e solitária mulher?#

-Vamos Hatori.

O médico é incapaz de lhe dizer alguma coisa e segue Akito pelo longo corredor. Haru continuava ajoelhado no tatame, não conseguia encontrar forças para se levantar dali, e ainda podia sentir as unhas de Akito entrando em seu rosto.

by DonaKyon

2 comentários:

Sa disse...

O.O

acho que vou infertar, coloca logo o proximo!

Minha imaginação é fértil, vou pirar desse jeito!

COITADOOOOOOOO!

Knight Beast disse...

Bem o bicho vai pegar... isso ta ficando mais ainda interessante. Será que a Akito vai conseguir lidar com os poderes de Hanajima