06/06/2009

91


Tohru demora uns segundos para entender o porquê que o gato estava mentindo, mas depois ela se lembra da ameaça do Haru de contar tudo sobre o Kyo e a Hanajima para o senhor patriarca.

-Simm... Ele te arrumou?

-Não. E cadê a nossa janta, sua lesada? Daqui a pouco não vai trabalhar? Vai me deixar sem comida, é?

-Não... É claro que não! O senhor se esqueceu de que eu mudei de trabalho?

-Eih Kyon-Kyon.... A Tohru-kun não é a nossa empregada para falar dessa maneira com ela. Olá Haru-kun.

-Boa noite Sensei.

Haru se levanta da cama e fica ao lado do Kyo, passando o braço ao redor do seu pescoço. O gato fica muito desconfortável com aquilo, ele não queria que a colegial visse aquelas atitudes entre eles, mas também não sabia muito bem a razão de querer tanto esconder aquilo.

#Por que tenho esse sentimento de que estou fazendo a coisa errada?#

-Eih Kyo, vai acabar ficando doente assim. Cuidado, por que acredito que o Haa-san não está em condições de dirigir até aqui essa noite.

O gato aproveita aquela desculpa e se afasta rapidamente de Haru pegando a primeira camiseta que vê na gaveta.

-Sensei, posso dormir aqui essa noite?

Kyo que estava vestindo a camiseta para com o objeto no pescoço e começa a suar um pouco frio.

#Por que ele quer dormir aqui essa noite?#

-Hummm..... Por mim pode sim. Mas irá dormir em qual quarto, no do Kyo ou no do Yuki?

Ao escutar aquela pergunta Kyo cai sentado no chão, e olha com os olhos arregalados para os três, seu coração estava muito acelerado, ele não sabia o que seria pior naquele momento, se era o Haru responder que queria dormir com o Yuki ou no seu quarto.

-Ah... sei lá.... não posso dormir no seu quarto, sensei?

-AHAHAHAHAHAHA..... Tinha que ser o Haa-kun mesmo.... AHAHAHAHAHAH..... Dependendo do motivo por que quer dormir no meu quarto, acho que o Ayaa-san não irá aprovar..... AHAHAHAH

-Eu irei preparar a janta para cinco agora mesmo.

A garota vai antes para o seu quarto para trocar de roupa e o Shigure caminha em direção do banheiro para tomar um banho no ôfuro. Haru caminha até o Kyo que ainda estava sentado no chão e se abaixa para falar em seu ouvido.

-Se prepare. Virei te visitar de madrugada!


O coração do garoto batia muito acelerado enquanto que o Hatsuharu calmamente caminhava para fora do quarto.

#Eu não posso acreditar. Ele não está pensando que eu irei deixar que ele entre no meu quarto.#

Kyo se levanta do chão e vai até a porta do seu quarto para espiar se o Haru tinha entrado no quarto do Yuki.

-Buuuu.... Sabia que ia fazer isso.

Haru estava escondido ao lado da porta e assim que o gato coloca a cara para fora para olhar o corredor ele aparece na sua frente. Kyo fica ao mesmo tempo um pouco envergonhado e muito nervoso, ele entra no quarto e fecha a porta com força.

#Hehehe... Ele tem ciúmes do Yuki. Isso quer dizer que eu posso estar errado. Tentarei mais uma vez essa madrugada.#

-O senhor está descendo?

-Não. Vou terminar a minha lição.

Haru entra no quarto do Yuki e o encontra ainda sentado na escrivaninha, aparentemente o garoto estava calmo, e parecia que tinha passado todo o tempo fazendo a sua tarefa escolar, mas na verdade, o possuído não tinha conseguiu fazer nenhuma conta, conjugar nenhum verbo, responder a nenhuma questão de história. Havia passado aqueles minutos com o coração na mão e morrendo de ciúmes do Haru com o Kyo.


by DonaKyon

2 comentários:

Ceci disse...

Oh, Yuki u.u

Knight Beast disse...

bem sente ciumes, mas não toma atitude, que complicado