30/08/2009

130


O patriarca abre lentamente os olhos, não sabia onde exatamente estava, mas podia sentir que uma mão gentilmente lhe acariciava. Aquela estava sendo uma sensação tão agradável que a garota não sente vontade de denunciar que já estava acordada, e se mantém deitada no colo de Hanajima.

#Por que será que eu não consigo me lembrar de quando é que foi a última vez que senti essa sensação?#

Saki olha para baixo e vê que o patriarca estava com os olhos abertos e para de mexer na garota.

-Me desculpe, Akito-san.

Akito olha para Hanajima com um olhar bem vazio. Ela se senta e olha para o motorista do carro que tinha se virado para ver-la.

-Como está se sentindo, Akito-san? Já estamos quase na sede.

A garota nada lhe responde, apenas olhava para os dois. O médico percebe que alguma coisa estava errada e estaciona o carro. Rapidamente ele abre a porta do seu lado e depois a do lado do patriarca, o médico se abaixa e segura no pulso da garota para medir a sua pulsação. Akito não fala nada, apenas fica olhando de uma forma muito perdida para o médico.

-Sua pressão está normal. Está sentindo alguma dor?

Ele segura na mão de Akito e lhe olha nos olhos. A garota lhe olhava de uma maneira tão distante que o médico começa a ficar incomodado.

-Akito-san...

-Quem é você?

Hatori sente que lhe falta o ar naquele instante, e lhe olha de uma maneira muito assustada. Ele então se recorda do olhar da mãe do Momiji quando viu o filho pela primeira vez depois que o médico tinha lhe apagado as suas memórias, e o olhar de Akito era exatamente o mesmo que o da Elisa.

#É o mesmo olhar..... Eu não posso acreditar. Akito-san não sabe quem eu sou..... Mas por quê? Por que não se recorda?#

Hanajima olha espantada para o médico e imediatamente se lembra do que havia desejado pouco antes do patriarca cair desmaiada.

-Fui eu. Eu a fiz esquecer-se de tudo.

-Você o que?

-Me desculpem, mas quem são vocês?

-Akito-san, você não consegue se lembrar de nada? Não se lembra realmente de quem eu sou?

O patriarca sente que o médico apertava a sua mão com um pouco mais de força e percebe o quanto que ele estava tremendo.

-Eu não consigo. Não consigo me lembrar de nada.

Hanajima segura à mão direita de Akito e lhe sorri da mesma maneira que sorria para a Tohru e a Arisa.

-Não se preocupe Aa-chan. Você teve uma forte dor de cabeça, mas em breve irá se lembrar de tudo. Eu sou a Saki Hanajima, somos amigas há muitos anos. E ele é o Hatori Sohma, é o seu primo. Vocês foram me buscar no colégio e quando estávamos indo para a casa do Shigure-san, você acabou passando mal. Está sentindo alguma dor, Aa-chan?

-Só estou com a cabeça um pouco pesada, Saki-chan.

Hatori não podia acreditar no que tinha acabado de presenciar, o patriarca havia respondido de uma maneira muito gentil e feminina, e estava tratando a Hanajima com aquela intimidade.

by DonaKyon

5 comentários:

DonaKyon disse...

Viram como sou boazinha XD

Não deixei vcs esperando dessa vez. Mas agora, cap novo só na sexta.... HAUAHUAHAUAHAUAHUAAHAU

Sa-chan :) disse...

AAAAAAAAAAAMEEEEEEEEEEEEIIIIIIII!


DONAKYON, como vc faz isso? Sabe aquela frase, "morde e depois assopra?" Vc faz justamente o contrario, assopra pra depois morder :S


QUE MÁÁ!

Mas bem que a Saki podia mentir e dizer que o Hatori era namorado dela ne? :P

:*

Cecii-sama disse...

Mas bem que a Saki podia mentir e dizer que o Hatori era namorado dela ne? :P [2]

DonaKyon, eu me pergunto quantos capítulos vai ter essa fic o-o

DonaKyon disse...

@Minna-san,

A Saki não podia fazer isso. Afinal o Hatori que seja Homem e que se acerte com a Akito XD

@Cecii-sama,
um tempo atrás, comentou que a fic em breve chegaria ao 200 capítulos, na época eu pensei

"Ahhh, nem vai chegar! Eu não sou tão exagerada assim!!"

Mas agora, eu digo que talvez vc tenha razão >.<

Era para essa fic ser super curta, mas a história foi pegando um ritmo diferente do que eu imaginava, assim como aconteceu agora.

Mas garanto uma coisa, acaba ainda ESSE ano ^^

Será que vcs aguentam?

Knight Beast disse...

Nossa Akito perdeu a memoria mesmo.

Realmente isso vai abrir novos rumos na historia.

ta de parabens