01/08/2010

195


Rin segurava a camiseta do garoto com toda a sua força enquanto tremia muito e tentava ao máximo não chorar. Haru sempre lhe disse que amava o Yuki, mas ela nunca imaginou que os dois chegariam aquele ponto. O garoto mantinha-se bem tranqüilo, e levantas as suas mãos colocando-as sob as da garota.

-Rin.... Poderia me soltar? Eu adoro essa camiseta.

Yuki olhava de forma muito nervosa e apreensiva para os dois, ele sabia que o Haru e a Rin tinham se beijado, mas não sabia que se ainda havia algo entre os dois.

-Haru, como pode ter coragem??

-Rin.... Eu sempre lhe falei que amava o Yuki.

-MAS EU NÃO ACREDITO QUE TEVE CORAGEM DISSO?? VOCÊS SÃO HOMENS! HOMENS!!

-E daí?

Ao escutar aquelas simples palavras, Rin se enche ainda mais de raiva e rasga de uma vez a camiseta do primo.

-EU CONTAREI TUDO AO PATRIARCA QUANDO ELE VOLTAR. TENHO CERTEZA QUE AKITO-SAN NÃO PERMITIRÁ ISSO.

O mesmo sentimento de incerteza invade o coração de Yuki e Haru. Antes de a Akito perder a sua memória eles já sabiam exatamente o quais seriam as conseqüências de tal ameaça, mas agora tudo estava tão incerto que os deixou ainda mais apreensivos, não por estarem pensando neles, mas sim na própria Akito.

Rin olha para o Yuki e caminha com firmes passos até o possuído pelo espírito do Rato, mas mão tem nenhum tipo de contato físico com ele, apenas lhe fala em tom de desafio.

-Eu o tomarei de volta.

-Eu não permitirei.

A determinação que Yuki colocou em sua voz naquele instante surpreendeu tanto ao Haru como a Rin, parecia que o primo era outra pessoa naquele instante. Nunca tinham visto o garoto tão decidido e seguro de si.

Rin não consegue encontrar as palavras para lhe responder a altura, apenas vira o corpo e começa a caminhar deixando os dois garotos sozinhos novamente.
Haru olhava para o Yuki de uma maneira muito mais apaixonada naquele momento. Aquela tinha sido uma linda declaração de amor.

#Ele realmente está sentindo o mesmo que eu sempre senti por ele. O Yuki está me amando também!#
Haru vira-se de costas rapidamente, não podia olhar nos olhos do Yuki naquele instante, pois sentia que poderia chorar de felicidade. Seu coração estava batendo tão acelero que parecia que era impossível que voltasse a ficar sereno novamente. Durante toda sua vida, ele havia amado o primo, mas no fundo de sua alma, sempre teve a certeza que de nunca seria correspondido, e ter a certeza de que estava errado, era algo que não estava lhe dando apenas felicidade, mas sim plenitude. Poderia morrer naquele instante, que morreria como sendo o homem que mais amou e que mais foi amado em toda Terra.

Yuki apenas observa curiosamente o primo, sem entender o motivo de ter-lhe dado as costas. Sentia que o seu coração já estava voltando a bater normalmente após o enfrentamento com a Rin. Aquela tinha sido a primeira vez que havia demonstrado a sua opinião e certamente que era um sentimento muito bom.

-Haru...

Ao escutar o seu nome, o possuído pelo espírito do boi sente algo parecido com um pequeno choque a percorrer todo o seu corpo. A voz do Yuki tinha saído com a mesma entonação que havia falado com a Rin.

-... vamos embora para a casa do Shigure.

-E a sua mãe?

-Sinceranente..... Eu não quero ver a minha mãe hoje.

Ao terminar aquela frase, Yuki colocou um leve sorriso em seus lábios. E ao ver aquilo Haru sorri não somente com os lábios, mas com a sua alma, que foi refletida pelo brilho dos seus olhos. O garoto teve a certeza de que o seu amor pelo Yuki estava lhe fazendo muito bem. O primo estava se transformando num homem muito melhor graças ao seu amor.

-Ok. Então vamos!

Os dois garotos começam a caminhar em direção da saída da sede. Os corações dos dois batiam de maneiras diferentes, o do Yuki estava sereno enquanto que o do Haru era ainda de pura tormenta, mas ambos tinham a segurança de seus sentimentos um pelo outro.

by DonaKyon

3 comentários:

Knight Beast disse...

tava mexendo no meu navergador quando cliquei por acidente no blog (nos favoritos), fiquei bem surpreso quando vi a continuação.

realmente quero ver o final dessa fic hehehehehehehe

que bom que voce voltou, ta parecendo comigo que voltei a escrever (até fiz uma fic sobre Mario hahahahahahah)

bem peço novamente uma parte intima de Kyo e Saki como Yuki e Haru teve em capitulos passados hahahhahahahahahaha

Bem vinda de volta.

Bjs!!!

Gii. disse...

Não vale. ¬_¬'
Knight Beast-san tomou meu posto de primeiro comentário. u-u'
Você sabe que eu sou a sua maior fã, né, Dona Kyon-san? ç_ç'
Waa. Fiquei tão feliz com toda a determinação do Yuki. Realmente... O amor nos faz crescer e amadurecer.
Muito bom o capítulo. \o
Espero ansiosamente pelos próximos. *0*

Gii. disse...

Vim encher de novo para provar que sou a fã #1 da Dona Kyon-san! ò_ó
*Gii ciumenta*